Lista de Vertebrados

 

Anterior
Seguinte

 

Vertebrados existentes em Tendais:

Lobo ibérico: Praticamente extinto em Tendais, alimenta-se de coelhos, ovelhas, cabras, pássaros e serpentes.

Raposa: Abundante em Tendais, alimenta-se de ratos, toupeiras, coelhos bravos e adora assaltar galinheiros.

Javali: Existem em Tendais nas zonas de  matagal e perto dos cursos de água (Rio Bestança, Ribeiro de Barrondes etc.), alimenta-se de coelhos, ovos de perdiz, ratos, cobras, minhocas e milho.

Texugo: Destruidor da agricultura, principalmente o milho . Passa o dia escondido em tocas que escava debaixo da terra, alimenta-se de tudo o que apanha é um autentico glutão.

Fuinha: A fuinha, também conhecida por papalvo é mais abundante  na zona ribeirinha da freguesia. Percorrendo as margens dos cursos de água alimenta-se basicamente de roedores, aves e ovos que apanha nos ninhos, também assalta os galinheiros.

Gineta: (Genette) Domesticada pelos romanos como gato doméstico, alimenta-se de pequenos mamíferos e também gosta de assaltar galinheiros

Marta: (Martes - Parente próximo da doninha) À muito extinta em Tendais, poderá existir apenas na serra do Gerês. Deve-se o seu desaparecimento á caça pela sua pele muito apreciada.

Doninha: Mamífero de pequeno porte, com 15 a 35 centímetros de comprimento

Víbora: Serpente venenosa pode chegar aos 50 centímetros, habita nas montanhas acima dos 1000 metros, muito procurada pelo seu veneno para uso farmacêutico, alimenta-se de pequenos roedores, aves e ovos.

Cobras: Existem, em Tendais, várias espécies de cobras algumas chegam a ultrapassar 1 metro de comprimento, alimentam-se de lagartos, outras cobras, aves, ovos e insectos.

Lagartos: Em Tendais há três espécies de lagartos, o lagarto verde com cerca de 50 cm, o lagarto castanho com cerca de 30 cm e a lagartixa com cerca de 10 cm.

Coelho bravo: O coelho bravo tem sofrido um decréscimo acentuado e de abundante passou a raro sendo que em algumas zonas está extinto. Algumas doenças e cães de caça à solta todo o ano por inconsciência de alguns caçadores são o motivo do declínio. Uma coelha poderá ter 5-7 vezes no ano até 7 crias de cada vez.

Ouriço-cacheiro: Muito activo na primavera e verão, alimenta-se de minhocas, caracóis, gafanhotos, aves jovens em ninhos terrestres, sardaniscas, cobras e também cadáveres e fruta caída, no Inverno hiberna.

Esquilo-comum: Introduzido em Tendais à poucos anos depressa se tornou relativamente abundante, alimenta-se de quase tudo que esteja ao alcance dos seus dentes roedores , a dieta vai desde sementes de pinheiro e abetos, frutos das faias, nozes, frutas, cogumelos, ovos e pequenos animais. A sua coloração varia conforme o meio ambiente e vai desde o quase preto ao vermelho passando pelo castanho.

Lontra: De vez em quando passeia-se nos nossos ribeiros, a Lontra alimenta-se principalmente de peixe mas também ratos, rãs, vermes, insectos, crustáceos, patos e galinholas. As lontras eram caçadas devido á sua pele valiosa e densa.

  Toirão ou Furão: Domesticado pelo homem para a caça ao coelho bravo e á lebre, o toirão caça sobretudo ao anoitecer e á noite, alimenta-se de ratos, ratazanas, rãs, repteis, moluscos, insectos, ovos, crias de aves e até jovens lebres.

Ratos: Existem várias espécies de ratos em Tendais, rato das casas, rato toupeiro, rato do campo, rato preto, ratazana comum e rato-da-serra.

Morcego: São as seguintes as espécies de morcegos em Tendais, Morcego-hortelão, Morcego do bosque, Morcego anão, Morcego rateiro, Morcego grande de ferradura, Morcego pequeno de ferradura e Morcego mediterrâneo.

Aves: As espécies de aves em Tendais são as seguintes;

 Aves de rapina diurna; Gavião da Europa, Açor, Águia de asa redonda, Águia de bonelli, Francelho vulgar.

Aves de rapina nocturna; Coruja das torres, Corujão, Mocho galego, Coruja do mato, Noitibó da Europa

Galináceos; Perdiz comum, Codorniz, Galinhola.

Columbinas; Rola comum, Pombo torcaz.

Cuco, Poupa, Andorinhão, Pica pau verde, Pica pau malhado, Pica pau galego.

Passiformes; Laverca, Cotovia pequena, Calhandra, Cotovia de poupa, Andorinha das rochas, Andorinha das barreiras, Andorinha dos beirais, Petinha dos prados, Alvéola branca, Alvéola amarela, Negrinha, Toutinegra real, Papa amoras comum, Carriça do mato, Rouxinol bravo, Folosa comum, Estrelinha de cabeça listrada, Estrelinha de poupa, Papa moscas cinzento, Cartaxo preto, Melro azul, Chasco branco,  Rouxinol do monte, Pisco ferreiro, Pisco de peito ruivo, Rouxinol comum, Melro preto, Tordo branco, Tordo zonal, Tordoveia, Chapim rabilongo, Chapim real, Chapim azul, Chapim carvoeiro, Chapim de poupa, Trepadeira azul, Trepadeira comum, Carricinha das moitas, Escrevedeira de garganta preta, Cia, Tentilhão comum, Pintassilgo, Lugre, Chamariz, Verdelhão comum, Pintarroxo comum, Pardal comum, Papa figos, Estorninho malhado, Estorninho preto, Gaio comum, Pega rabilonga, Corvo.

Peixes; Truta

Home page | Vertebrados | Lista de Vertebrados | Invertebrados | Lista de Invertebrados