Novo vídeo mostra a 'execução' de 250 soldados sírios pelo ISIS - Dezembro 2021

O ISIS invadiu a base aérea de Tabqa no domingo e disse que havia capturado e matado soldados e oficiais.

Homens armados mascarados do grupo IS atirando em sete homens ajoelhados no chão em frente a eles no rescaldo do grupoHomens armados mascarados do grupo IS atirando em sete homens ajoelhados no chão em frente a eles após a tomada do grupo da base aérea de Tabqa. (Fonte: AP)

Os combatentes do Estado Islâmico (ISIS) executaram muitos soldados sírios capturados quando os militantes tomaram uma base aérea na província de Raqqa no fim de semana, de acordo com um vídeo postado no YouTube na quinta-feira.

O vídeo, confirmado como genuíno por um combatente do Estado Islâmico, mostrou os corpos de dezenas de homens deitados de bruços, vestindo apenas roupas íntimas. Eles estavam esticados em uma linha que parecia ter dezenas de metros de comprimento.

Uma pilha separada de corpos foi mostrada nas proximidades. A Reuters não conseguiu verificar de forma independente a autenticidade do vídeo.

A legenda abaixo dizia que havia 250 mortos. Um combatente do ISIS em Raqqa disse à Reuters pela Internet: Sim, executamos todos eles.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos, que monitora a violência na guerra, estima o número de mortos em mais de 120.

O ISIS, uma ramificação radical da Al Qaeda, invadiu a base aérea de Tabqa no domingo após dias de confrontos com o exército e disse que capturou e matou soldados e oficiais em um dos confrontos mais sangrentos até então entre os dois lados.

A captura de Tabqa cimentou seu domínio no norte do país.