Normandia depois de Nice: lista de ataques terroristas em todo o mundo em 2016 - Dezembro 2021

O ano de 2016 será lembrado como o ano em que o terrorismo claramente espalhou seus tentáculos por toda parte, com seu epicentro na Síria e no Iraque, para atingir diferentes pontos do mapa mundial.

França, ataque francês, Normandia, ataque de Nice, ataque à igreja da Normandia, ataques terroristas de 2016, ataques terroristas em 2016, lista de ataques terroristas de 2016França: as pessoas passam por flores deixadas em homenagem em um memorial improvisado às vítimas do ataque de caminhão do Dia da Bastilha perto da Promenade des Anglais em Nice, França, 21 de julho de 2016. (Fonte: Foto de arquivo - REUTERS / Jean-Pierre Amet)

Já estamos na metade de 2016, e o mundo testemunhou alguns dos ataques terroristas mais mortais que ocorreram em rápida sucessão. Desde todo o Oriente Médio até a África, Europa, Ásia e Estados Unidos, o ano de 2016 será lembrado como o ano em que o terrorismo claramente espalhou seus tentáculos por toda parte com seu epicentro na Síria e no Iraque para atingir diferentes pontos do mundo mapa. Os países mais afetados são o Iraque, a Síria, a Líbia e o Afeganistão, devastados pela guerra, onde várias centenas morreram apenas em 2016, com um ataque terrorista que ceifou várias vidas quase todos os dias.

A recente onda de ataques que atingiu a Europa, nomeadamente a Alemanha e a França, é um testemunho de que o terrorismo diz respeito tanto a extremistas religiosos estrangeiros como a um terrorismo local. Os Estados Unidos são um excelente exemplo de terror doméstico com os recentes ataques de San Bernardino e Orlando que, juntos, deixaram cerca de 63 mortos e 75 feridos.

O último ataque na França ocorreu quase duas semanas após os ataques em Nice, onde um motorista de caminhão que jurou fidelidade ao Estado Islâmico, matou quase 84 pessoas e feriu mais de 300 em comemoração ao Dia da Bastilha. Vez após vez, a França carrega o peso do terrorismo com mais pessoas deixando para se juntar ao ISIS e outras fileiras jihadistas no Iraque e na Síria. De acordo com dados divulgados pelo Centro Internacional de Estudos de Radicalização e Violência Política (com base em dados do segundo semestre de 2014) publicados no Wall Street Journal, cerca de 1.200 pessoas se juntaram às fileiras jihadistas da França apenas no Iraque e na Síria, seguidas por Alemanha e Grã-Bretanha.

Por meio do mapa interativo abaixo, rastreamos atividades relacionadas ao terrorismo em todo o mundo, trazendo as últimas novidades - na hora que acontecem.

(Carregando mapa ...)

Normandia, França, 26 de julho de 2016: Dois agressores apreenderam reféns em uma igreja perto da cidade de Rouen, na Normandia, na terça-feira, matando um refém com um corte na garganta antes de ser morto pela polícia, disse um oficial de segurança. A identidade dos atacantes e o motivo do ataque não são claros, de acordo com o funcionário, que não foi autorizado a ser divulgado publicamente.

Ansbach, Alemanha, 25 de julho de 2016: Uma pessoa foi morta e outras 12 ficaram feridas em um restaurante em Ansbach, perto da cidade alemã de Nuremberg, em uma explosão ocorrida na noite de domingo, disse um porta-voz da polícia. O porta-voz disse não ter informações imediatas sobre a causa da explosão, que foi relatada pela primeira vez às 22h12. CET (2012 GMT).

Reutlingen, Alemanha, 24 de julho de 2016: Um refugiado sírio de 21 anos matou uma mulher com um facão e feriu outras duas pessoas antes de ser preso na cidade de Reutlingen, no sul da Alemanha, disse um porta-voz da polícia.

Munique, Alemanha, 22 de julho de 2016: Um atirador iraniano-alemão de 18 anos que aparentemente agiu sozinho abriu fogo em um movimentado shopping em Munique na noite de sexta-feira, matando pelo menos nove pessoas no terceiro ataque contra civis na Europa Ocidental em oito dias. O atacante empunhando uma pistola, identificado pelo chefe da polícia de Munique, Hubertus Andrae, como um cidadão de dupla nacionalidade, foi mais tarde encontrado morto por uma suposta ferida de arma de fogo autoinfligida em sua cabeça.

ASSISTA VÍDEO

Wurzberg, Alemanha, 19 de julho de 2016: Um refugiado afegão de 17 anos feriu pelo menos 20 passageiros do trem com um machado e uma faca em Würzburg, na Alemanha. O homem foi morto a tiros pela polícia alemã mais tarde.

Nice, França, 14 de julho de 2016: Um homem que dirigia um caminhão, supostamente cidadão francês de origem tunisiana, se chocou contra uma multidão que estava comemorando o Dia da Bastilha em Nice ao longo da pitoresca Riviera Francesa, matando pelo menos 84 e ferindo outras centenas. O IS reivindicou o ataque.

Istambul, 29 de junho de 2016: Atacantes suicidas armados com armas e bombas mataram 41 pessoas e feriram dezenas no movimentado Aeroporto Ataturk de Istambul. O governo disse que os extremistas do Estado Islâmico são considerados os responsáveis. LEIA AQUI

Lahore, 28 de março de 2016: Um homem-bomba matou pelo menos 72 pessoas, a maioria mulheres e crianças, em um parque em Lahore no domingo, em um ataque alegado por uma facção do Taleban paquistanesa que disse ter como alvo cristãos. Mais de 300 outras pessoas ficaram feridas, disseram as autoridades. LEIA AQUI

Aeroporto de Bruxelas, Bélgica, 22 de março de 2016: Explosões atingiram o salão de embarque do aeroporto de Bruxelas na manhã de terça-feira, matando pelo menos 10 pessoas e ferindo várias outras, disse a agência de notícias belga Belga. Outra explosão foi relatada na estação de metrô, perto de instituições da UE. LEIA AQUI

Istambul, 19 de março de 2016: Um ataque suicida na principal rua comercial de pedestres de Istambul no sábado matou cinco pessoas, incluindo duas de dupla nacionalidade israelense-americana e um cidadão iraniano, e feriu várias dezenas de outras pessoas, no sexto atentado suicida na Turquia no ano passado. LEIA AQUI

Nigéria, 16 de março de 2016: Duas mulheres-bomba mataram pelo menos 22 fiéis em um ataque durante as orações da madrugada de quarta-feira em uma mesquita nos arredores da cidade de Maiduguri, no nordeste da Nigéria, disseram autoridades de resgate do local de nascimento de Boko Haram. Um homem-bomba explodiu dentro da mesquita e o segundo esperou do lado de fora para detonar enquanto os sobreviventes tentavam escapar, disse o coordenador Abba Aji do Grupo Vigilante de autodefesa civil. LEIA AQUI

Ancara, 14 de março de 2016: O ministro da saúde da Turquia disse que mais três pessoas morreram em decorrência de um ataque suicida com carro-bomba na capital, aumentando o número de mortos para 37. Um carro-bomba atravessou um centro de transporte lotado na capital turca, Ancara, no domingo, matando mais de 30 pessoas e 125 feridos no segundo ataque semelhante no coração administrativo da cidade em menos de um mês. LEIA AQUI

Paquistão, 7 de março de 2016: Pelo menos 17 pessoas foram mortas e 30 outras ficaram feridas hoje quando um homem-bomba se explodiu em um tribunal lotado no agitado noroeste do Paquistão, um ataque que o Taleban disse ser vingança pelo enforcamento do assassino islâmico liberal do governador da província de Punjab, Salman Taseer. O homem-bomba se explodiu dentro do complexo do tribunal distrital em Shabqadar Bazaar, distrito de Charsadda, em Khyber Pakhtunkhwa. LEIA AQUI

Jalalabad, Afeganistão, 2 de março de 2016: O consulado da Índia na cidade de Jalalabad, no Afeganistão, foi atacado na terça-feira por um homem-bomba que se explodiu durante o ataque terrorista, mas todos os indianos na missão estavam seguros, disse o Ministério das Relações Exteriores da Índia. LEIA AQUI

Iraque, 29 de fevereiro de 2016: No Iraque, o número de mortos em devastadores atentados consecutivos ao mercado perpetrados pelo grupo do Estado Islâmico no dia anterior no leste de Bagdá subiu para 73 hoje, disseram autoridades. Vários dos feridos graves morreram durante a noite, enquanto 112 pessoas permanecem no hospital, disseram dois policiais. Além disso, pelo menos cinco pessoas ainda estavam desaparecidas após a explosão que atingiu o mercado Mredi lotado no distrito xiita de Sadr City, seguida por um atentado suicida em meio à multidão que rapidamente se reuniu no local para ajudar as vítimas. LEIA AQUI

Afeganistão, 20 de janeiro de 2016: Um homem-bomba atingiu um microônibus perto da embaixada russa no centro de Cabul hoje, matando quatro pessoas no último ataque mortal na capital afegã, apesar de um impulso internacional para iniciar as negociações de paz do Taleban. Leia: Homem-bomba suicida mata quatro perto da embaixada russa em Cabul

Paquistão, 20 de janeiro de 2016: Um grupo de militantes invadiu uma universidade no noroeste do Paquistão na quarta-feira, usando a cobertura de uma espessa névoa, disse a polícia. Os militantes entraram na Universidade Bacha Khan em Charsadda, no noroeste da província de Khyber Pakhtunkhwa, na manhã de quarta-feira antes de abrir fogo contra alunos e professores em salas de aula e albergues, disseram dois policiais. Leia: Homens armados do ‘Talibã’ invadem a Universidade Bacha Khan; pelo menos 21 mortos, todos os agressores mortos, diz a polícia

Peshawar, 19 de janeiro de 2016: Uma autoridade local disse que uma bomba que tinha como alvo um posto de controle da polícia no noroeste do Paquistão matou 11 pessoas. Iqbal Khan disse que outras 17 pessoas ficaram feridas na explosão matinal de terça-feira, que ocorreu nos arredores de Peshawar, em uma estrada que leva ao vizinho Afeganistão. Ele diz que entre os mortos estão policiais, civis e pelo menos uma criança. Leitura: Onze mortos em explosão suicida no noroeste do Paquistão

Istambul, 12 de janeiro de 2016 - Uma explosão abalou uma praça no coração do histórico distrito turístico de Sultanahmet, em Istambul, na terça-feira, e um policial e uma testemunha no local relataram ter visto partes de corpos após a explosão. Segundo relatos, teme-se que 10 pessoas morreram e várias outras ficaram feridas . LEIA: 10 temidos mortos, 15 feridos na explosão

Líbia, 7 de janeiro de 2016 - Um enorme caminhão-bomba explodiu perto de uma base policial na cidade de Zliten, no oeste da Líbia, na quinta-feira, matando pelo menos 60 policiais e ferindo cerca de 200 outros, disseram as autoridades. Nenhum grupo assumiu imediatamente a responsabilidade pelo ataque, mas uma afiliada local do Estado Islâmico está tentando se firmar em Zliten. LEIA: Caminhão-bomba na Líbia mata pelo menos 60 policiais e fere 200

Paris, 7 de janeiro de 2016 - Um homem vestindo um colete de explosivos falsos e empunhando uma faca de açougueiro foi morto a tiros pela polícia em frente a uma delegacia de polícia de Paris, sacudindo uma já ansiosa capital francesa com uma nova dose de medo enquanto a nação marcava sombriamente um ano de terror que começou com a redação massacre no jornal satírico Charlie Hebdo. LEIA: Homem com colete de explosivos falsos morto em meio à alta tensão em Paris

Afeganistão, ataque ao consulado indiano - 4 de janeiro de 2016: Tropas afegãs correram de helicópteros para o telhado de um prédio de quatro andares perto do Consulado Indiano em uma cidade do norte para expulsar os homens armados que atacaram a missão diplomática na noite anterior, disseram as autoridades. Pelo menos duas forças de segurança afegãs foram mortas no ataque, disse Farhad, acrescentando que, como o prédio fica perto de uma área residencial, temos o cuidado de evitar vítimas civis. LEIA: Terroristas mortos a tiros após tiroteio de 25 horas no consulado indiano em Mazar-e-Sharif

Pathankot, Punjab - 2 de janeiro de 2016: Terroristas fortemente armados, suspeitos de serem membros do Jaish-e-Muhammad, com sede no Paquistão, atacaram a base aérea de Pathankot em um ataque antes do amanhecer no sábado. As forças de segurança, incluindo comandos da Guarda de Segurança Nacional e pessoal do Exército e da Força Aérea Indiana, enfrentaram os terroristas e os tiroteios durante o dia deixaram pelo menos cinco terroristas e três agentes de segurança mortos. Clique aqui para a cobertura completa.

Cabul, Afeganistão - 1º de janeiro de 2016: Uma forte explosão atingiu o centro de Cabul, com um oficial dizendo que o alvo era aparentemente um restaurante popular entre os estrangeiros na capital afegã. Duas pessoas morreram na explosão suicida. O alvo era o restaurante Le Jardin, disse um funcionário AFP. O Talibã assumiu a responsabilidade pelo ataque.